Sobre_ ALI_SE
_
a árvore ao jardim
Alice Valente Alves

ar da cidade

Estarei eu subindo a montanha declinável Estarei eu concordando que as ruas só descem Que os barcos à beira rio não se movem Que nesse teu espanto se assenta a única alegria Na nuvem que impermeabiliza Acima de todo o ar

Ouvem-se as gaivotas Muitas gaivotas por aí Muitas Vêm até à cidade E os pombos afastam-se delas As pombas põem ovos por todo o lado Já não fazem ninhos E as gaivotas comem-nos E porque não se comem pombos

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Páginas