Sobre_ ALI_SE
_
a árvore ao jardim
Alice Valente Alves

Por vezes a divisão da mente

Por vezes sonhamos ou ficamos perdidos
Por vezes pensamos que estamos bem
Por vezes gostaríamos de aliviar a dor antes dela surgir
Por vezes sobem-se escadas a descer
Por vezes somos assim em que as vezes se dividem
Por vezes são essas vezes demais a absorver a distância do indesejável

E cansados do dia dessas vezes sem fim
E cansados do dia ao que nos inscrevemos
A escrever
O que já está dito
No que já está feito e que não se fará
E é ao som dessa voz em aragem
Que se sublima por vezes e tão de vez esse aperto

Deixei de ir
Deixei de pensar
Deixei de sonhar
A deixar-me nas imagens por palavras
Essas que nos arrepiam e acariciam
Essas feitas daquela outra mente que não mente

Poesia
Será que é doença
Aliviarmo-nos com as tais outras palavras por sentidos
Ao que aos sonhos não sabemos retribuir




Poesia, Desenho e Fotografia de ALICE VALENTE




LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Páginas