Sobre_ ALI_SE
_
a árvore ao jardim
Alice Valente Alves

Estar e Ser

Estar ou não estar. Ser ou não ser. Eis a fatalidade!

Também em tempos de descobridores de um tempo de Descobrimentos dividiu-se o mundo territorialmente, a faixa divisória em duas partes, a terra e as terras, o território e os donos de papados reinos, impunham regras de um brutal domínio por riqueza imperial. Mas pela impossibilidade de cumprimento de tal dever em divisão do mundo de qual território, e apesar do muito sofrimento infligido, tudo se alterou, naturalmente.

E estamos nesses mesmos tempos, e aos que insistem em dividir para fechar território e reinar, um dia igualmente mudará este conceito e a transformação acontecerá. E para satisfazer as necessidades do Homem por território e por que territorialidades, estamos prestes a assistir a um novo conceito de território, mas virtual. E o território será outro, não o da terra ou das terras, mas sim o da virtualidade concebida pelas tecnologias e já muito presente na internet. E é interessante que, pela alteração já feita e pronta a uma transformação ainda maior, o território d’ agora é um território virtual, cabe-nos a todos descobrir o mundo no mundo de cada um de nós, longe da territorialidade e de regras impostas, é o outro território, é um outro território, é o território da vida, é o território do Ser. E mesmo que avancem à descoberta, unicamente a querer dominar por vias das tecnologias, que é o que tem vindo a acontecer, são por sua vez esses mesmos meios técnicos que ajudarão ou encaminharão, através dos que inevitavelmente farão delas bom uso, numa suposta possibilidade de não mais existirem fronteiras nem territórios das impositivas regras e nas respectivas leis direccionadas ao desumano.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Páginas