Sobre_ ALI_SE
_
a árvore ao jardim
Alice Valente Alves

Acudir





A vida apraz-nos não ser. No alívio que nos desdiz. E sempre seremos poucos nos muitos que tudo desfazem. As dores iguais não são iguais. Mas comparam-se. E as cadeiras até falam. Quando nos olhos as fixamos. Sentados ao longo de dias. Do cansaço que nos vimos. Não nos conseguimos levantar. E quando te levantas. A tua força leva-te o vento. Precisos serão os outros necessários esforços. De te ergueres por fora lá dentro. Energia similar a um vulcão. Que descansa a terra. E vão-se embora. Todos.






LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Páginas